O número de trabalhadores no canal HORECA tem vindo a dar sinais muito positivos de crescimento, com resultados económicos que importa sublinhar. Segundo o Instituto Nacional de Estatística, no segundo trimestre deste ano estavam empregadas em hotéis, restaurantes e cafés 338.700 pessoas, o que correspondeu a uma variação homóloga de 19,7%, representando mais 55.800 postos de trabalho do que em 2016.

 
 

O setor da Restauração lidera em números este crescimento, sendo responsável por 40 mil destes novos postos de trabalho, mas o do Alojamento evoluiu de forma mais expressiva, 26,2% em relação a 2016, criando mais 15.800 empregos.

 

Outros fatores potenciam este crescimento positivo para o canal HORECA, nomeadamente a saída de Portugal de uma situação de incumprimento por défice excessivo.

 

Embora os números não tenham sido ainda divulgados, tudo indica que este crescimento tenha sido transposto para o terceiro trimestre deste ano, altura em que o afluxo de turistas requer um reforço da mão-de-obra neste canal. Mas outros fatores potenciam este crescimento positivo par ao canal HORECA, nomeadamente a saída de Portugal de uma situação de incumprimento por défice excessivo, assim como a alteração à política fiscal sobre o IVA nos serviços de alimentação e bebidas, que dotou as empresas do setor da confiança necessária para reforçar o tecido humano.

 
 

Caso tenha um projeto em mente que possa vir a aumentar este crescimento, é sempre útil ler os conselhos de um especialista da área, minimizando os potenciais atrasos no desenvolvimento do seu negócio.

 

O que é

Send this to friend