Traditional spanish tapas on black background. Flat lay, top view

 

Eles admitem que são capazes de gastar uma boa parcela do seu ordenado em restaurantes gourmet, cozinhas de autor e de fusão. Ficam ansiosos de cada vez que sai uma reportagem sobre o novo menu de degustação no restaurante trendy da cidade ou quando um amigo revela já foi jantar a um sítio com o qual andam a sonhar há semanas.

 
 

Estamos a falar dos foodies, os verdadeiros apaixonados por comida, que surgiram num tempo em que os hambúrgueres, os cachorros quentes e outras refeições associadas à fast food se tornaram gourmet e verdadeiras experiências gastronómicas, nas mãos de chefs e cozinheiros imaginativos.

 

Estamos num tempo em que os hambúrgueres, os cachorros quentes e outras refeições associadas à fast food se tornaram gourmet.

 
 

São os foodies que se destacam nos “assaltos” aos restaurantes gourmet, mas na verdade esta é uma tendência geral: cada vez mais, todos nós procuramos novos sabores e experiências. Apesar da cozinha tradicional e que conhecemos como "comida de conforto" (a típica "comida da mãe") ter o poder de nos transportar a infância, mais rapidamente respondemos ficamos a salivar com um convite para um novo restaurante de tapas, que para o habitual ao virar da esquina.

Inconscientemente, todos os dias abrimos a página ou o jornal que descobre os sítios mais trendy e vamos fazendo uma lista dos próximos restaurantes a visitar. Os empresários da restauração sabem disso e com a ajuda de parceiros que disponibilizam os melhores ingredientes vão surgindo cada vez mais hamburguerias gourmet, restaurantes de inspiração asiática e vegetariana, com preços à medida de todos – porque a paixão pela comida não é tendência de elites. Assim, difícil é escolher!

 

O que é

Send this to friend